sábado, 25 de agosto de 2012

nostalgia


Hoje acordei nostálgica. Não sei. Acordei e pensei: é o teu último ano. Depois deste ano nunca mais vais ter de apanhar aquele maldito autocarro para ir à escola. Nunca mais vai haver o "regresso às aulas". Nunca mais te vais preocupar em encomendar os livros. Nunca mais vais andar numa escola! É difícil de interiorizar, porque quando chegas a este momento sentes-te mais crescida que nunca. Sentes que te estás a tornar numa verdadeira mulher. Que a tua independência total começa dentro de meses. Não é justo. Durante estes anos perdi a noção de todo o tempo que por mim passou. Foram anos e anos. E na verdade, neste momento, só queriam voltar atrás e aproveitar, ainda mais, cada segundo que foi meu! 

(assim sendo podem deduzir que tenho 17 anos!)

14 comentários:

astrid disse...

o melhor de ser o último é que não vou ter que me cruzar com certos focinhos todos os dias.

astrid disse...

(não sei cheguei a enviar o comentário) o bom de ser o ultimo ano é não ter que me cruzar com certos focinhos todos os dias.

Carolina disse...

Tenho pensado nisso, também... Passou tão rápido e agora só falta um ano... No fim tudo vai mudar e eu estou tão bem assim...!
Somos quase da mesma idade então :)

astrid disse...

Na escola, já não há nada que me prenda a não ser a ideia de arranjar um emprego e ser independente.

Carolina disse...

Pois, eu tenho 16 :)

astrid disse...

Mas, há casos em que é mais do que cansaço...

Luana* disse...

Olha que eu não tenho essa sorte -.- Quem me dera!

R: Podes crer que é bem melhor que um hamburger! Eu quase nunca vou ao McDonalds porque não gosto dessas comidas de hamburgers e isso, quando tenho mesmo de ir lá como os macnagguts ou lá como se diz, mas isso também não tira fome nenhuma!

Quinn disse...

Ai, sinto-me exatamente assim. No outro dia fui à escola e pensei: "é o mue último ano aqui." Fico meia deprimida, passou taaaao depressa.
Temos quase a mesma idade (:

S* disse...

Oh, és demasiado nova para melancolias. :)

Quinn disse...

Também eu. Podia parar no tempo agora. Não me importava nada.

Quinn disse...

Sim, é isto que faz de nós o que somos e o que vamos ser!
* Claro, as mulheres do Norte são maravilhosas! A sério, aquele texto é a minha descrição

Íris disse...

concordo completamente com algumas palavras :)

lu de lúcia disse...

compreendo perfeitamente esta nostalgia, vais sentir ainda mais quando passares perto do sitio onde estudas-te, quando passares por pessoas mais novas que tu que andavam naquela escola, entre outros aspectos.

Hilf mir fliegen disse...

Ás vezes também me ponho a pensar nisso :) Acho que se voltasse atrás no tempo tinha aproveitado mais o tempo :)