terça-feira, 21 de agosto de 2012

para sempre

Para sempre? Isso não é suposto ser por muito e muito tempo? Então porque é que as pessoas continuam a insistir em pronunciar tal expressão se não fazem intenções que algo dure assim tanto tempo? Não digo essa expressão. Nunca disse. Não sei se irei ter descaramento para um dia a usar, porque considero-a uma expressão muito forte e, ao mesmo tempo, quebrável. As pessoas vulgarizaram de tal maneira esta expressão que ela deixou de fazer sentido. Toda a gente faz questão de a dizer, mas ninguém é capaz de cumprir com essa promessa. Quem, de nós, sabe se algo será para sempre? Ninguém. 

5 comentários:

Maff. disse...

Gostei muito do teu blog, sigo*

diogo craveiro disse...

Simples, mas diz tudo, muito bom!
Estou a seguir.

ana catarina disse...

oh mesmo? obrigada querida :)

S* disse...

Infelizmente as pessoas levam os sentimentos demasiado a brincar.

Parede Escrita disse...

Pois é, tens toda a razao, tanta coisa pode acontecer, tanta coisa pode mudar, nunca estamos "seguros" de nada...