quinta-feira, 20 de setembro de 2012

arrependimento


Se há coisa de que me arrependo é de ter chamado amigo/a a certas pessoas...

21 comentários:

Anónimo disse...

Somos 2. As pessoas conseguem mesmo mudar quando mais lhes convem...

Mafalda Marques disse...

E isso é mau, ter muito sentimento junto?

R. disse...

Isso todas chegamos a um ponto que nos arrependemos, porque há certas pessoas que não valeram apena! Mas há que levantar a cabeça, e encontrar as pessoas certas.

Catarina Costa disse...

Quem não tem esse tipo de arrependimento...?

may rose disse...

sofro do mesmo arrependimento :/

maria. disse...

Pois é, mas não é por isso que deixo de querer o meu menino ao meu lado :)

andrii disse...

Não sei se terás razão. Neste momento é isso que me apetece fazer.
E nem sabes como concordo com este teu post :s

Luísa Abreu disse...

Concordo mesmo com esta frase! as vezes sinto o mesmo :|
Ohh que querida, muito obrigada :)*

Amante Japonesa disse...

Eu tambem me arrependo disso... tudo passa!

Renata disse...

Eu também, e cada vez tenho mais certeza disso...

Hilf mir fliegen disse...

Acontece a toda a gente, a mim também já me aconteceu.

Bárbara Silva disse...

Ai também eu !

Renato Cruz disse...

Cuidado com a palavra amigo. :) Nem toda a gente o merece.

Daniela disse...

Somos duas!*

Zombie disse...

Boa!
Seguindo segue tb?
http://shelikesrockn-roll.blogspot.com.br/

Daisy. disse...

Es tu e eu! Mas isso serviu para eu aprender que não posso chamar amigo a qualquer um e ter mais cuidado com isso portanto acabou por ter os seus benefícios :)

Mariana disse...

Pior é quando chamaste melhor amigo/a.. Mas acabamos por aprender a nao confiar em toda a gente :)

That Girl disse...

Compreendo-te! Sinto o mesmo e nos dias de hoje tenho imenso cuidado em separar os meros conhecidos dos amigos verdadeiros ;)

Joana disse...

amigos contam-se pelos dedos :)

Parede Escrita disse...

Eu ás vezes penso o mesmo...

*C*inderela disse...

Acho que já sofremos todos um pouco com isso! Amigos há poucos, conhecidos, isso sim, há muitos.

Bjokas